6 de setembro de 2015

Não entrei no curso que queria... e agora?

Pois é... se calhar tal como eu, também vocês já passaram ou estão a passar por esta situação. Mas não desanimem!
Hoje quero dar-vos forças e dizer-vos que é possível conseguirem entrar no curso em que sempre sonharam entrar!
O meu sonho sempre foi tirar o curso de enfermagem.
Sabendo eu que era um curso que exigia uma média que eu ainda não tinha conseguido obter, decidi ficar mais um ano no ensino secundário para fazer melhoria às disciplinas que achei essenciais (5) e só depois candidatar-me!
Mas... quando finalmente consegui obter uma boa média, os exames obrigatórios para a candidatura ao curso de enfermagem, nesse mesmo ano, tinham sido alterados! 
Até ali podia entrar com o exame de Português e Física e Química, mas no ano em que finalmente ia ingressar pela primeira vez no ensino superior passou a ser obrigatório precisamente o único exame que não tinha conseguido fazer - Biologia e Geologia.
Não tendo este exame feito não tinha mesmo possibilidade sequer de pôr na candidatura o curso de enfermagem! Mas não desanimei...
Já tinha ouvido falar em mudança de curso após um ano de estudos no ensino superior e agarrei-me a essa opção mesmo sem saber efectivamente do que se tratava e como se procedia a essa mudança.
Então... iniciei primeiro uma breve pesquisa sobre as cadeiras que o curso de enfermagem tinha e posteriormente agarrei-me ao site da DGES e comecei a procurar cursos que tivessem cadeiras idênticas, para depois tentar ter equivalências e tentar desta maneira que esse primeiro ano no ensino superior não fosse "um ano perdido".
Foi aí que encontrei o curso de Nutrição Humana e Qualidade Alimentar na Escola Superior Agrária de Santarém, ao qual me candidatei com o exame de Física e Química e que tinha 3 cadeiras idênticas ao curso que queria (Bioquímica, Nutrição e Anatomia e Fisiologia).
Após esse ano tentei a minha sorte e com 20 anos entrei no curso que sempre quis e na escola que sempre desejei - Escola Superior de Saúde de Leiria, e obtive a equivalência a 2 cadeiras.
Apenas tive de estar atenta ao período de candidatura de Mudança de Curso nas diferentes escolas a que pretendia candidatar-me, assim como tratar de todos os documentos e pagamentos necessários, entregar tudo como era pretendido e aguardar que os resultados saíssem!
Hoje sou muito feliz com as opções que tomei e não me preocupa nada saber que só acabarei o curso com 24 anos (se tudo correr bem)!
Há tempo para tudo e principalmente tem de haver tempo para sermos felizes e tomarmos opções que nos conseguirão manter felizes para toda a vida!
Dicas úteis e breves:
1- Estejam atentos às datas de candidatura para cada universidade (por volta do 2º semestre, penso eu)
2- Tratem de todos os documentos assim que tiverem acesso à lista (ainda são alguns e muitos deles necessitam de tempo para serem feitos pelas entidades responsáveis)
3- Aproveitem na mesma esse ano no ensino superior!
4- Mas... tentem fazer todas as cadeiras e o melhor que conseguirem pois é um dos critérios de muitas escolas (maior nº de cadeiras com aproveitamento + a média)

Deixo-vos aqui alguma informação sobre em que consiste esta hipótese de Mudança de Curso!
Agora não desistam e "façam o favor de serem felizes"!
Espero ter-vos ajudado. Alguma dúvida deixem nos comentários.
Um beijinho com muita força e coragem!
Rafaela




2 comentários:

  1. A meu ver fizeste a escolha certa, foste atrás do que querias e nunca perdeste a esperança. Se não entraste num ano, nem noutro, foi à terceira, a tua persistência permitiu-te entrar no que querias, só tenho a dar-te os parabéns por isso.
    Concordo contigo, nunca devemos desistir dos nossos sonhos, correr atras do que queremos é importante. No teu caso bastaram "perderes" dois anos, mas se não o tivesses feito, podias perder uma vida inteira, ter ido para algo que não querias iria fazer-te infeliz.
    Passei agora para o 11º ano de artes visuais, não sei o que quero, mas sei que tenho tempo, a universidade que vou seguir logo se vê.
    Beijinhos.
    http://mariacrescida.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gosto do teu pensamento ;) cada coisa a seu tempo, sem pressas mas rumo à felicidade!
      Obrigada e Beijinhos Maria :)

      Eliminar